framework

#3 Curso CodeIgniter – Minha primeira View

Criando sua primeira View

 

Primeiro passo

Abra o arquivo:

 application > config > routes.php

 Na linha 41 mude o redirecionamento da “welcome” para “home” (vai ser a view que iremos criar).

 

Segundo passo 

Vamos criar um controller para essa rota home, criando o seguinte arquivo:

application > controller > home.php

O conteúdo desse arquivo vai ser o sequinte:

<?php if ( !defined('BASEPATH')) exit('No direct script access allowed');

class Home extends CI_Controller {    

   public function _construct(){       

      parent::_contruct();    

   }    

   public function index(){        

      $this->load->view('home');

}

}

Explicação:

A primeira linha é uma questão de segurança do CodeIgniter que ele faz a verificação da constante “BASEPATH”, caso não esteja definida o script será interrompido.

A sua classe Home é estendida de CI_Controller que é a classe-base, e todo o controlador deverá seguir esse padrão.

O método construtor (_construct) será executado toda vez que a classe for instanciada ou um de seus métodos for executado.

 

Anúncios

#2 Curso CodeIgniter – Olá Mundo!

Fazendo um “Olá Mundo!”

 

Primeiro passo 

É fazer o download no site oficial do CodeIgniter (https://ellislab.com/codeigniter) e extrair para uma pasta chamada codeigniter os arquivos compactados, dentro da pasta de projetos do servidor local (a pasta varia de acordo com a ferramenta que irá utilizar, como Xampp, EasyPHP …).

Em seguida acesse o endereço url do seu localhost (http://localhost/codeigniter) e verá a tela e Welcome!

 

Segundo passo

Vamos abrir a pasta em seu editor favorito (SublimeText, PhpStorm…) e repare na ligação dos nomes nos arquivos, abra em seguida o arquivo routes.php que fica localizado na pasta:

application > config > routes.php

(Aqui fica as rotas de acesso ao sistema, como vemos a chamada padrão na linha 41)

Essa chamada de rota está se redirecionando a clase welcome em:

application > controllers > welcome.php

(Repare no nome da clase Welcome e o único método index dentro dela)

Por padrão o acesso acaba sendo no método index e nele está chamando a View welcome_message com o load, essa View está sendo carregada em:

application > views > welcome_message.php

(Essa é a página que você visualiza ao acessar o sistema)

 

Terceiro passo 

Abra o arquivo welcome.php que vimos na pasta application > controllers e coloque uma nova function chamada olamundo logo em seguida da index, dessa maneira:


public function index()

{

$this->load->view(‘welcome_message’);

}

function olamundo()

{

echo “Ola Mundo!”;

}

Pronto!

Acesse novamente o endereço url localhost, mas dessa vez passando o index.php por causa do rewrite que esta desativado, passano o parâmetro welcome pois é o nome da classe, e por ultimo olamundo que é o seu método. (http://localhost/index.php/welcome/olamundo)

Bootstrap 3.1.0

Novidades no Bootstrap 3.1.0

Novas funcionalidades, muitas correções de bugs e melhorias, e ferramentas de compilação atualizados.

Nova Documentação

Nova Documentação Bootstrap 3.1

Nova Documentação Bootstrap 3.1

Há toneladas de mudanças em várias linhas. Assim como a v2.1 trouxe novo design, v3.1 foca na documentação como se pode perceber a página inicial está mais intuitiva e resalta caracteristicas-chaves além de novos exemplos.

Oficial Sass

Bootstrap Sass Oficial

Bootstrap Sass Oficial

A melhor parte da v3.1 é o suporte para Sass que ao invés de inchar o projeto com suporte para LESS e Sass e toda documentação eles mantiveram separados por enquanto.

Novos Exemplos

Novos Exemplos Bootstrap 3.1

Novos Exemplos Bootstrap 3.1

Agora há três novos exemplos: Blog, Capa e Dashboard. Cada exemplo fornece uma única página de grandiosidade para você começar rapidamente em um projeto construído com Bootstrap. Eles são ágeis e pronto para começar.

Recursos Aprimorados
Um punhado de recursos que não são exatamente novas para Bootstrap ter visto uma atualização em v3.1:

– Modais agora incluem tamanhos opcionais
– Dropdowns agora têm suas próprias classes de alinhamento para a personalização mais fácil
– Estilos de feedback Formulário para os estados de validação agora incluem ícones opcionais para reforçar a mudanças de cor

Tudo-em-tudo isso faz componentes mais focado, mais durável e mais fácil de trabalhar with.See o changelog incluído com o lançamento GitHub para a lista completa de novos recursos.

Ferramentas de Construção Melhorados
Bootstrap e v3.1 traz uma série de atualizações.

Mudaram para grunt-contrib-less menos para o compilador, LESS 1.6.x (em oposição a 1.3.x com Recesso).
Código do compilado é praticamente idêntica em formatação e organização graças a CSScomb e algum outro Grunt-fu.
Os testes também correr um pouco mais rápido com a ajuda de alguns cache mágico e paralelização.
O Customizer web agora é gerado a partir de uma tarefa Grunt, o que significa que nunca vai perder a atualização ou a adição de uma variável novamente. Se você contribuir para o arranque regularmente, basta executar grunhido e se comprometem a atualizar a página.
Atenção! Se você desenvolver Bootstrap local, certifique-se de bombardear o seu diretório /node_modules e executar npm instalar antes de começar com v3.1.

Postagem Original